6 mitos sobre o banho dos cães

A frequência, os produtos a serem utilizados, e até mesmo um debate sobre a real necessidade de fazê-lo, são alguns dos tópicos que envolvem o banho de cães. Nós lhe contamos alguns mitos sobre isso que valem a pena descartar quando se trata de preparar o seu cabelo.

1- Se os animais silvestres não se banham, não precisamos banhar nossos animais de estimação

Em um estado natural, os animais geralmente resolvem a questão da limpeza com um bom banho de lama, que os libera de parasitas. Mas nas cidades, onde a poluição e as toxinas são abundantes, o banho de cães não é apenas uma questão de estética, mas também de saúde.

2- Cães não devem ser banhados frequentemente

O mais  recomendável é que o pelo seja higienizado com certa regularidade. O tempo para fazer isso depende de muitas coisas, incluindo as características do pelo. Pergunte ao veterinário o que é melhor para o seu animal de estimação. Além disso, os cães que sofrem de doenças de pele ou alergias necessitam de banhos mais frequentes e com produtos específicos.

Você também pode se interessar por este artigo sobre sistema para clinica veterinária e petshop:

3- Xampu pode danificar o pH da sua pele

Isso só acontece se você não usar um xampu adequado para cães. Portanto, não lave com qualquer xampu. Humanos e cães têm pH diferente. Nem pense em usar seu xampu para dar banho em seu cachorro. Melhor consultar, mais uma vez, com o veterinário para aconselhá-lo sobre a melhor opção para o seu animal de estimação.

4 -Vai dar otite pela água

Se um acidente ou descuido não ocorrer, você não precisa colocar água nos ouvidos do seu animal durante o banho. Portanto, não deve dar otite . Preste atenção e remova cuidadosamente os restos de xampu das orelhas do seu cão. E, se a água entrar em seus ouvidos, consulte o veterinário.

5 -É necessário usar um secador de cabelo

Os cães são bastante perturbados pelo barulho do secador de cabelos. Além disso, se o secador estiver muito quente, eles também ficaram inquietos. Então, a menos que esteja muito frio, deixe-os se secar naturalmente, depois de usar a toalha, em um ambiente quente e protegido.

6 -O xampu anti-pulgas ajuda a eliminar os parasitas irritantes

Aqui também depende da regularidade com que você banha seu peludo. Não ache que o xampu anti-pulgas vá resolver todos os problemas do seu pet. Para conseguir isso, você certamente deve complementar o tratamento com outros produtos. Por exemplo:

  • Pós
  • Sprays

Além disso, se seu peludo estiver livre desses parasitas, não é necessário usar um xampu contra pulgas.

Este post foi um colaboração do blog Software Veterinário, acesse e para obter mais informações.